Lições da Coréia do Sul para o Brasil

Com 8.000 casos confirmados de COVID-19, nessa última Sexta-Feira (13/03) a Coréia do Sul reportou, pela primeira vez, mais casos de pessoas recuperadas do que novos casos.

 

A principal razão para o feito é que o país buscou diversas maneiras para disponibilizar o teste de forma ampla evitando filas e, consequentemente, pânico.

 

Os cidadãos na Coréia do Sul podem ser submetidos a testes em clínicas drive-thru, o que reduz a carga sobre os hospitais e o risco para os profissionais de saúde.


Outro fator que diferencia o protocolo da Coréia do Sul em lidar com a pandemia é que além de praticar o distanciamento social-fechando escolas, escritórios e cancelando grandes eventos, empresas privadas desenvolveram aplicativos que localizam as pessoas com diagnóstico confirmado de COVID-19, e notificam se você está a 100 metros de distância delas.

 

Por mais questionável que esta medida possa ser sob ponto de vista da privacidade, ela contribui de forma eficaz com atualizações necessárias a fim de manter a segurança de todos.

 

Esse caso nos mostra o quanto podemos nos beneficiar da tecnologia e mostra a vantagem de um Estado com “mentalidade de startup”, promovendo soluções sociais ágeis e funcionais e sendo flexível em relação às inovações.

Aqui no Brasil o vírus ainda não se alastrou como em outros países. Por isso, temos a chance de buscar soluções -das mais simples e óbvias, até as mais inovadoras- para conter a pandemia em nosso país.

 

Apesar que não pareça, aplicar essas soluções no Brasil é completamente possível. 

 

Por sorte, o vírus ainda está concentrado nas regiões centrais de SP e RJ, principalmente SP, ocupada majoritariamente por pessoas da classe AB, que possuem smartphone com internet. Temos aqui a chance de emular a Coréia do Sul por alguns dias (semana tlv)? 

 

Para isso, precisamos contar com a contribuição regulatória e financeira do Estado.

 

Liberar o fundo partidário seria um primeiro grande passo para tal.

 

Nós do G4 nos colocamos a disposição do Governador @jdoriajr e do Prefeito @brunocovas para coordenar este projeto. Temos certeza que o ecossistema de startup disponibilizaria uma força-tarefa para em tempo record implantarmos essas medidas.

 

Se você apoia essa ação, preencha abaixo os seus dados, e junte-se a lista de apoiadores da construção dessa força tarefa!

×