Missão de uma empresa: o que é, como construir e exemplos

Navegue Pelo Artigo

A missão de uma empresa vai muito além de uma frase de impacto: ela deve anunciar claramente para onde a empresa está indo.

missao de uma empresa

Aqui em nosso blog são grandes as chances de que já tenha lido dezenas, centenas ou milhares sobre missões em sua trajetória profissional ou até mesmo criado a missão da sua empresa, mas você realmente sabe o que é a missão de uma empresa?

Muito além de preencher uma placa bonita que é colocada na entrada da sua empresa, é preciso conhecer o conceito de missão, de modo a realmente saber para que ela deve ser criada. Afinal, se for só para essa finalidade, pode ser melhor nem criá-la.

Queremos te convidar para uma jornada mais profunda sobre a missão da empresa. Assim, você entenderá, de fato, como esse conjunto de palavras diz muito sobre aquele negócio e onde ele deseja chegar, o que é uma motivação e tanto para se manter competitivo em um mercado tão concorrido.

Além de explicações e contextualizações, nós ainda traremos alguns exemplos de missão de empresas que servirão como inspiração para pensar na sua e, assim, tomar a melhor decisão possível, o que pode influenciar diretamente nos rumos que o negócio tomará, especialmente a médio e longo prazo.

Nos acompanhe na leitura e aprenda o que precisa saber sobre a missão da empresa!

O que é a missão da empresa?

Com base em minha experiência, a declaração de missão eficaz responde basicamente a uma pergunta: Como pretendemos vencer nesse negócio?  Esta é uma citação do livro “Paixão por Vencer” (Winning), de Jack Welch, que foi CEO da General Electric nas décadas de 1980 e 1990.

Quando comandada por Welch, a GE tornou-se a maior empresa de capital aberto dos Estados Unidos. Seu valor de mercado passou de US$ 12 bilhões para US$ 410 bilhões, um crescimento absurdo de mais de 3.300%.

A revista Fortune, uma das mais conceituadas do mundo, nomeou Welch como o gerente do século em 1999 .

Infelizmente, ele faleceu em 1º de março de 2020, aos 84 anos, mas certamente deixou um grande legado – além de ter todo o respaldo necessário para definir, em suas palavras, o que é a missão de uma empresa.

Welch comenta em seu livro que os termos “missão” e “valores” estão entre os dois mais abstratos, explorados e distorcidos nos negócios.

Além disso, ele ainda diz que os exercícios feitos pelas escolas de negócios para escrever declarações de missão e a discussão de valores geralmente terminam em banalidades genéricas.

As palavras de Welch podem parecer um pouco duras, mas elas constroem uma grande verdade: de nada adianta ter uma missão e uma visão na empresa apenas por obrigação, sem que isso reflita a realidade daquele negócio.

Justamente por isso é importante saber, de fato, o que é a missão da empresa. Assim, os gestores e tomadores de decisão conseguirão defini-la com primor e, dessa forma, direcionar aquele negócio para o caminho certo.

Ainda de acordo com Welch, a declaração de missão da empresa “[…] não responde à pergunta ‘Em que éramos os melhores nos bons tempos de antigamente?’ nem à pergunta ‘como podemos descrever nosso negócio de modo a não aborrecer nenhuma unidade, divisão ou executivo sênior?’”.

Ela deve conduzir as empresas a fazerem escolhas sobre pessoas, investimentos e outros recursos, identificarem seus pontos fortes e fracos e, assim, saberem como pretendem vencer em seus negócios.

Jack Welch destaca, ainda, que as empresas devem “[…] avaliar onde podem atuar de maneira lucrativa no panorama competitivo.”. Afinal, sem lucros, a empresa está fadada ao insucesso.

Welch ainda nos brinda com um resumo sucinto, mas poderoso:

“No final das contas, as declarações de missão eficazes equilibram o possível e o impossível. Elas incutem nas pessoas o senso de direção em busca do lucro e a dose de inspiração de sentir-se parte de algo grande e importante.”

Confira também: Competências fundamentais de um líder de sucesso

A missão da empresa realmente faz diferença?

Sem dúvidas. Quando ela é bem definida, a empresa tende a apresentar resultados muito melhores do que se houvesse uma missão rasa e sem sentido para aquele negócio.

Para comprovar, trazemos um artigo científico que abordou exatamente este tema: “Why Mission Statements Become a Show Piece? Case of an Indo-American Joint Venture[5] ”, publicado no periódico Vikalpa e de autoria de Abinash Panda e Rajen K. Gupta.

O objetivo do artigo foi explorar porque uma empresa falha em eliciar o compromisso emocional para suas declarações de missão, vistas como críticas para os interesses de longo prazo e a sobrevivência da organização.

A conclusão mostrou que a congruência cultural entre os valores da organização e os valores dos colaboradores influenciam na satisfação da missão e, portanto, no compromisso emocional, o que os autores acharam relevante relatar.

O artigo ainda diz que as declarações de missão geralmente são vistas como importante para os interesses de longo prazo e a sobrevivência das organizações, e que elas são realmente efetivas apenas quando os membros desenvolvem um comprometimento emocional pela missão ou propósito adotados.

Ao aliar as palavras de Jack Welch com os resultados de um estudo científico publicado em um periódico, não temos como negar, portanto, que uma boa definição da missão da empresa realmente faz a diferença em seu sucesso.

Dicas para definir a missão de uma empresa

Já ficou claro como é essencial ter uma missão bem definida, já que ela deve mostrar os rumos daquele negócio. Porém, é aí que você se pergunta: afinal, como definir a missão da minha empresa?

Nós não podemos deixar uma receita definitiva, já que isso depende diretamente da cultura e da realidade de cada negócio, mas podemos mostrar algumas dicas importantes para conseguir pensar em uma missão que realmente indique a forma pela qual a empresa deseja vencer em sua área.

Algumas das principais são as seguintes, adaptadas de um conteúdo de Thomas Griffin[6] , co-fundador e presidente da OptinMonster, um dos principais conjuntos de ferramentas de otimização de conversão a nível global. Thomas escreveu essas dicas de acordo com suas próprias experiências:

Estimule sua criatividade

Essa dica pode fugir do que você costuma encontrar quando procura como definir a missão da sua empresa, mas ouvir músicas instrumentais é uma boa pedida para fazer a criatividade ficar mais aguçada.

Do piano clássico à playlist que você preferir, a música ambiente ajuda a estimular a concentração e a criatividade, dois elementos cruciais para definir a missão.

Porém, como esse não é um método que funciona para todos, o ideal é pensar no que te ajuda a incentivar a criatividade. Afinal, boas ideias são muito bem-vindas neste momento.

Lembre-se que crenças e valores impactam em sua declaração de missão

Sua declaração de missão completa os motivos que te levam a ter suas crenças e valores. É importante ter tudo isso definido antes de começar a escrever.

Defina uma missão simples e sucinta

O poder das palavras da missão da sua empresa é muito grande. Porém, ele tende a diminuir conforme a declaração fica maior. O ideal, portanto, é dizer mais com menos palavras.

Embora seja uma estimativa, uma boa dica é definir um limite de até 20 palavras para sua declaração de missão. Para te ajudar a ter uma noção de quanto isso representa, a frase anterior deste mesmo parágrafo, em destaque, tem exatamente 20 palavras.

Ao definir um limite, você fortalece sua criatividade e maximiza o impacto que aquela missão trará a quem ouvir.

Defina um limite de tempo para escrever a declaração de missão

Além do limite de palavras, os limites de tempo te dão a chance de avaliar seu progresso, pensar sobre o que foi escrito e desenvolver uma visão mais clara de como a declaração de missão deve ser comunicada.

Uma sugestão é manter cada sessão para definir a missão da empresa com, no máximo, uma hora. Assim, você evita o bloqueio criativo, esteja o processo sendo feito individualmente ou por um grupo de gestores e tomadores de decisão.

Escreva primeiro e, depois, fale em voz alta

Escrever traz clareza, mas falar traz impacto. Neste exercício de definição da missão da empresa, você simplesmente não pode fazer uma coisa sem a outra.

Anote todas as ideias e, depois, diga-as em voz alta. Conforme faz isso, perceberá mais claramente quais são as missões que proporcionam um maior impacto e quais não são tão boas.

Dificuldades fazem parte do processo

Escrever uma declaração de missão é um trabalho difícil. Mesmo que o ideal seja manter algo em torno de 20 palavras, não é fácil definir quais estarão neste lugar de destaque.

É comum que essa definição demore algumas semanas ou até alguns meses, e está tudo bem. Como ela tem um peso muito grande sobre o futuro da empresa, é normal que seja um processo longo.

Por isso, não deixe a frustração e o estresse tomarem conta do ambiente se não for possível terminar no primeiro dia. Às vezes, isso é até bom para conseguir digerir melhor as ideias e enxergar as opções com maior clareza.

Não hesite em pedir ajuda e conselhos

Às vezes, estamos com muita dificuldade em resolver alguma situação, seja na vida profissional ou pessoal, e já não conseguimos mais pensar em nada por estarmos consumidos por aquele problema. Então, alguém “de fora” da situação chega e enxerga, de pronto, o que está errado.

Isso também pode acontecer com a definição da missão da empresa. Quem não está diretamente relacionado com aquele processo (ou pelo menos não tão focado nele naquele momento específico) pode vir com ideias e opiniões diferentes, capazes de te ajudar a tomar a melhor decisão possível.

Diferentes pontos de vista também são importantes para definir uma boa missão para a empresa.

Exemplos de missão de empresas para te inspirar

Depois de explicações mais técnicas e teóricas, chegou a hora de conferir alguns exemplos de missão de empresas. Ao analisar essas declarações e comparar com a cultura e a linha de raciocínio de cada negócio, fica mais fácil entender, na prática, a relação entre uma boa missão e o sucesso.

Missão da Amazon

Nós visamos ser a empresa mais centrada no consumidor da face da Terra. Nossa missão é elevar continuamente o nível de experiência do cliente usando a Internet e a tecnologia para ajudar os consumidores a encontrar, descobrir e comprar qualquer coisa, e empoderar empresas e criadores de conteúdo a maximizar seu sucesso. (Fonte)

Missão da Coca-Cola

Satisfazer com excelência a nossos consumidores de bebidas. (Fonte)

Missão do Facebook

Dar às pessoas o poder de criar comunidades e aproximar o mundo. (Fonte)

Missão do Google

Nossa missão é organizar as informações do mundo para que sejam universalmente acessíveis e úteis para todos. (Fonte)

Missão da Magazine Luiza

Ser uma empresa competitiva, inovadora e ousada, que visa sempre ao bem-estar comum. (Fonte)

Missão da Microsoft

A nossa missão é capacitar cada pessoa e cada organização no planeta para ser mais produtiva. (Fonte)

Missão do Spotify

Nossa missão é desbloquear o potencial da criatividade humana – dando a milhões de artistas criativos a oportunidade de viverem de sua arte e a bilhões de fãs a oportunidade de aproveitarem e serem inspirados por ela. (Fonte)

Missão do Twitter

A missão que servimos no Twitter, Inc., é dar a todos o poder de criar e compartilhar ideias e informações instantaneamente, sem barreiras. Nossos negócios e faturamento sempre seguirão essa missão, de modo a melhorar – e não prejudicar – uma conversa livre e global. (Fonte)

Missão da WWF

Conter a degradação do meio ambiente e construir um futuro em que o homem viva em harmonia com a natureza através da:

– Conservação da diversidade biológica mundial;

– Garantia da sustentabilidade dos recursos naturais renováveis;

– Promoção da redução da poluição e do desperdício. (Fonte)

Missão de uma empresa: poucas palavras que dizem muito

Entender o que é a missão de uma empresa é indispensável para qualquer líder e gestor de sucesso. Afinal, são essas poucas palavras que mostrarão como o negócio deseja vencer em seu segmento – o que, no final das contas, é o objetivo de qualquer empresa.

Você já sabia o que é a missão da empresa? Qual é a missão do seu negócio? Você sente o poder de influência da missão da empresa em seu modus operandi? Compartilhe sua opinião nos comentários.


Gostou? Compartilhe

Compartilhe esse artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue Lendo: Outros artigos que você pode gostar

No Gestão 4.0 nossa missão é ajudar gestores e líderes de negócios a inovarem e gerarem mais resultados.

Se você quer aprender com alguns dos melhores empreendedores do país, preencha o formulário e receba nossos conteúdos gratuitos.

Descubra como você pode se tornar um Gestor 4.0

Confira mais conteúdos do G4 no Instagram

×