Nada é garantido

Você ja se perguntou o que acontece ao tocar no interruptor na sua sala?

Provavelmente a resposta é não.

Assumimos que é garantido.

Ao tocar no interruptor a luz acende.

Porém, esse ato aparentemente simples, esconde um elevado grau de sofisticação e complexidade.

Para começar, a energia que está sendo utilizada para iluminar o cômodo onde você está agora, salvo raras excessões, está sendo produzida à centenas ou milhares de quilômetros de distância de onde você se encontra.

O processo como um todo que parece instantâneo, envolve usinas maiores do que estádios de futebol, milhares de Kms de área alagada para os reservatórios, e um time de milhares de pessoas colaborando em sincronia.

Porém, por não vermos a complexidade real do que acontece, acreditamos que é só tocar no interruptor.

No inglês a expressão para isso é o “Take for granted“.

Que em tradução livre seria algo como “acreditar ser garantido”.

Ou seja, contar que sempre teremos aquilo a nossa disposição.

O problema?

Nada é garantido.

E o atual cenário com a pandemia nos demonstrou isso.

Pense nas atividades mais simples do seu dia a dia.

Como ir ao shopping, passear no parque, ou até ir na academia do seu prédio.

Do ponto de vista dos negócios, temos vários exemplos dessa mudança de paradigma.

Veja por exemplo as agências de viagem, ou empresas de aviação.

Até poucos meses atrás a pergunta que essas empresas se faziam era como ser mais eficientes.

Ou seja, como reduzir seus custos e aumentar suas margens.

Hoje, elas se perguntam como fazer as pessoas quererem viajar?

A verdade porém, é que a pergunta sempre foi essa: como convencer às pessoas a viajarem?

O que mudou então?

Assumimos que o interesse das pessoas em viajar era algo garantido, e esquecemos de analisar toda a complexidade por trás dessa decisão.

Porém, na vida, e especialmente no empreendedorismo, nada é garantido.

Precisamos estar sempre atentos às nuances e complexidades por trás de cada decisão, para assim, entendermos quais são as alavancas por trás delas.

Afinal, assim como a iluminação da sua casa é fruto de milhares, ou até mesmo milhões de componentes humanos e mecânicos operando em sincronia, quase tudo o que assumimos ser garantido também é.

E nesse sentido a reflexão a ser feita é somente uma: o que mais você tem tomado como garantido?

Pense sobre isso e busque entender a fundo o quão garantido aquilo realmente é, para em um eventual momento de crise, não ser pego desprevenido.

Compartilhe esse artigo

Deixe uma resposta

Continue Lendo: Outros artigos que você pode gostar

No Gestão 4.0 nossa missão é ajudar gestores e líderes de negócios a inovarem e gerarem mais resultados.

Se você quer aprender com alguns dos melhores empreendedores do país, preencha o formulário e receba nossos conteúdos gratuitos.

Descubra como você pode se tornar um Gestor 4.0

Conteúdo sobre negócios, marketing e vendas no seu celular